A história da Bugatti: “A velocidade da luz está mais próxima do que você imagina”

bugatti

A Bugatti é uma das marcas mais conhecidas no Brasil e no mundo, chamando a atenção dos clientes com os seus modelos únicos. Dito isso, conheça, a seguir, melhor a história da Bugatti.

Fundação da marca Bugatti

A priori, é interessante trazer a fundação da marca Bugatti, que teve início no ano de 1909.

A marca Bugatti Automobiles S.A.S tem sede na cidade de Molsheim, na Alsácia. Porém, após diversos altos e baixos, a sede da marca se mudou para Módena, na Itália, montando 150 unidades do modelo EB 110.

Uma curiosidade interessante sobre a marca Bugatti é que ela produziu o modelo de carro com mais vitórias de corridas em todos os tempos. Esse modelo é o T35, fabricado em 1924, e com 1850 vitórias em seu legado.

Dono da marca Bugatti

A marca Bugatti hoje é conhecida no mundo inteiro, em especial portanto por conta dos seus modelos EB110, Veyron e o Chiron. No entanto, Ettore Bugatti, o fundador, desenvolver o primeiro modelo há mais de 100 anos.

Ettore Bugatti, fundador e dono da marca Bugatti, nasceu em Milão no ano de 1881.

Na sua fase adulta, se dedicou à produção de veículos, porém, há muito tempo ele já tinha os próprios desenhos de automóveis para empresas de grande porte, tais como E.C.C Mathis e De Dietrich.

Aliás, apenas em 1907 Ettore começou a trabalhar para a Gasmotoren-Fabrik Deutz AG, em que era diretor do departamento de produção. Ao longo desse período, fez o seu primeiro carro, o Bugatti Type 10.

Bugatti Type 10

O Bugatti Type 10 foi o primeiro carro desenvolvido pelo dono da marca, e ele trouxe assim como premissa a ideia de que o modelo deveria ser ágil e potente, porém, leve.

Nesse sentido, ele sabia que deveria superar a concorrência, e não apenas se igualar aos outros produtores do mercado.

Com isso, o Type 10 tinha um motor de 1.2 com quatro cilindros e 10 cv. Embora pareça pouco nos temos atuais, naquela época, esse carro foi uma verdadeira revolução.

Inovações encontradas no Type 10

Embora Ettore Bugatti tenha demorado para patentear a sua marca, o Type 10 foi o seu primeiro modelo.

A principal inovação para a época foi a árvore de cames. Essa árvore tinha então uma ligação com a cambota por meio do eixo de bisel, o que não era comum naquele tempo.

Além disso, o carro tinha uma embraiagem multi-pratos, em que a transmissão ia até as rodas traseiras.
No que se refere a suspensão do carro, ele tería molas de lâmina e a travagem era feita pelo sistema de travões por cabo.

Por outro lado, a grelha do radiador trazia uma forma retangular, e somente depois assumiu a forma de ferradura – se eternizando com o tempo.

Gostou deste artigo? Então veja também:

Veja agora os melhores carros com teto solar de até 40mil!

China avança com produção de carros elétricos, confira!

CAOA Cherry anuncia fechamento de fábrica no Brasil, causando demissões, entenda!

Final da linha para CAOA Cherry Tiggo 3X, veja!

Veja lista completa de carros com teto solar que cabem no seu orçamento!

Quer ler mais sobre assuntos do mundo dos carros e ficar por dentro das novidades?

Faça parte do nosso grupo do facebook, CarroNosso, um lugar para informação, discussão e troca de experiências.

Jonny Brizio

Vendedor de formação, empreendedor por vocação e entendedor de carros por paixão. Este é o autor deste blog, Jonny Brizio, nascido em 1994 no Rio de Janeiro.
Curiosamente, louco por carros desde os 6 anos, mesmo que não haja ninguém na sua família que compartilhe tão profundamente deste sentimento avassalador.
Cresceu assistindo na TV, os programas “Auto esporte”, “Vrum”, “Auto+” o qual ele assistia religiosamente todos os episódios.
Apesar de todo conhecimento técnico teórico adquirido no programa da TV, junto a artigos e livros já ser grandioso e surpreendente, estava na hora de colocar em prática tudo o que aprendeu e começar a se destacar.
Aos 15 anos, ele decidiu trabalhar em uma oficina mecânica! Lá, Jonny aprendia sobre a mecânica das máquinas e adorava manobrar os carros do clientes, já que o seu pai não o permitia dirigir até que fosse maior de idade.
Sobretudo, as suas habilidades de direção quase que perfeitas em alta velocidade, impressionavam seu pai, que permitia-o dirigir em casos de emergência.
Por fim, aos 18 anos ele pôde desfrutar da sua liberdade por causa da sua independência, onde tivera a oportunidade de dirigir diferentes carros, seja por locadoras ou carros de amigos.
Todavia, junto com toda esta liberdade vem também a responsabilidade. Sendo assim, Jonny decidiu trabalhar com carros, já que a paixão corria em suas veias em todos os aspectos da sua vida.
Por isso, cresceu na carreira e virou consultor de seguros automotivos, onde recebe ligações quase todos os dias para proteger um bem tão essencial na vida de uma pessoa: O carro. Este, aliás, que chega a ser quase um filho para algumas pessoas.
Embora ainda não realizado, decidiu então criar este blog sobre carros, onde compartilha sua bagagem de conhecimentos profundos junto com as noticias que acontecem no momento.
Portanto, este trabalho é oriundo de talento, persistência e um sonho! Grandes vitórias, exigem grandes dedicações, por isso, espera-se que cada leitor absorva cada artigo de forma que venha a acrescentar tanto quanto acrescenta na vida do autor.
Saudações,

Deixe um comentário