Caoa Chery iCar, o carro elétrico mais barato do Brasil com muito a oferecer!

Caoa Chery iCar: o carro elétrico mais barato do Brasil já tem 500 pedidos

Embora o Caoa Chery iCar seja mais caro, ainda é o carro elétrico mais barato do Brasil, por R$ 144.990, ainda é R$ 2.000 a menos que o Renault Kwid E-Tech – que também ficou mais caro recentemente.

Apesar disso, o iCar tem características curiosas e apontamentos difíceis de encontrar em outros compactos.

A começar pelo simples fato de ser um carro de duas portas e tão pequeno que um Fiat Mobi é 40 cm mais comprido.

Quadro de alumínio, corpo de plástico

O quadro de alumínio do corpo do Chery iCar é quase invisível, porque praticamente tudo o que você poderia chamar de carroceria em outros carros é feito de plástico e polímeros.

Isso vale para as portas, a tampa do porta-malas e até a capota removível.

Suspensão Independente

Os hatchbacks compactos com suspensão traseira independente não são vendidos no Brasil, parece sofisticação, mas é obrigatório em um carro com tração traseira que quer evitar o eixo rígido.

Bem, assim como o Kwid a gasolina, o Kwid elétrico tem um eixo rígido na traseira, embora a tração seja na frente.

Hatch 2 2

Sim, o Chery iCar é um de quatro lugares, mas levar alguém lá será uma missão tão difícil quanto usar os bancos traseiros de um Porsche 911.

Existe até Isofix para instalar cadeirinhas infantis, mas nem todas cabem lá e legal é que os bancos dianteiros são elétricos, com botão para abrir o acesso ao banco traseiro.

Veja também é grátis e você pode se apaixonar!

Listamos os melhores e mais completos carros com teto solar abaixo de 60 mil, confira.

Tiguan 2023: Volkswagen vem com tudo neste lançamento e promete muita potência!

Conheça os super carros dos jogadores do Flamengo!

Porta-malas do iCar

Essa é uma pergunta estranha e como o motor e o inversor estão instalados na parte traseira e o carro é minúsculo, quase não há porta-malas.

O compartimento comporta apenas 100 litros e até dispensa o plugue da tampa, assim ao rebater os encostos dos bancos traseiros, a capacidade aumenta para 380 litros, o que é maior do que alguns SUVs.

E quem tem um telhado de vidro?

O iCar tem teto panorâmico de série, e curiosamente, a cortina do teto é dividida em duas: uma atrás e outra na frente.

Acabamento interessante do iCar

Os plásticos convencionais estão por toda parte, mas há preocupações com alguns detalhes.

A parte superior do painel tem revestimento soft touch e os bancos com encosto em peça única e vazada também possuem plástico em um estranho tom de azul e o que está faltando é uma tampa para o porta-luvas.

Outras acessórios interessantes

O iCar possui um painel de instrumentos digital do tipo que utiliza LEDs para compor seus gráficos, e não telas, esquema que infelizmente está cada vez mais na moda, todavia ainda há guloseimas como uma chave cara a cara e um botão de partida.

Quem gosta de potencia e velocidade pode ter um iCar?

Se há uma coisa que o iCar não é, é poderoso. Seu motor elétrico tem 61 cv e 15,3 kgfm, o que equivale um pouco ao torque de um motor 1.5.

Todavia limita a velocidade máxima do Caoa Chery iCars a 100 km/h. O JAC e-JS1 atinge 115 km/h e o Renault Kwid E-Tech 130 km/h.

Carregamento rápido Ao contrário da concorrência, o Chery iCar suporta carregamento rápido.

A bateria de 30,4 kWh permite uma autonomia de até 282 km e pode ser recarregada em 36 minutos com um carregador de 50 kW.

Controle remoto

O iCar possui central multimídia com tela de 10,25 polegadas, ar-condicionado com controle remoto e plano de recarga.

Gostou, então veja também:

Listamos os melhores e mais completos carros com teto solar abaixo de 60 mil, confira.

Tiguan 2023: Volkswagen vem com tudo neste lançamento e promete muita potência!

Conheça os super carros dos jogadores do Flamengo!

E então, deseja ler mais sobre assuntos do mundo dos carros e ficar por dentro das novidades?

Portanto faça parte do nosso grupo do Facebook, CarroNosso, um lugar para informação, discussão e troca de experiências.

Jonny Brizio

Vendedor de formação, empreendedor por vocação e entendedor de carros por paixão. Este é o autor deste blog, Jonny Brizio, nascido em 1994 no Rio de Janeiro.
Curiosamente, louco por carros desde os 6 anos, mesmo que não haja ninguém na sua família que compartilhe tão profundamente deste sentimento avassalador.
Cresceu assistindo na TV, os programas “Auto esporte”, “Vrum”, “Auto+” o qual ele assistia religiosamente todos os episódios.
Apesar de todo conhecimento técnico teórico adquirido no programa da TV, junto a artigos e livros já ser grandioso e surpreendente, estava na hora de colocar em prática tudo o que aprendeu e começar a se destacar.
Aos 15 anos, ele decidiu trabalhar em uma oficina mecânica! Lá, Jonny aprendia sobre a mecânica das máquinas e adorava manobrar os carros do clientes, já que o seu pai não o permitia dirigir até que fosse maior de idade.
Sobretudo, as suas habilidades de direção quase que perfeitas em alta velocidade, impressionavam seu pai, que permitia-o dirigir em casos de emergência.
Por fim, aos 18 anos ele pôde desfrutar da sua liberdade por causa da sua independência, onde tivera a oportunidade de dirigir diferentes carros, seja por locadoras ou carros de amigos.
Todavia, junto com toda esta liberdade vem também a responsabilidade. Sendo assim, Jonny decidiu trabalhar com carros, já que a paixão corria em suas veias em todos os aspectos da sua vida.
Por isso, cresceu na carreira e virou consultor de seguros automotivos, onde recebe ligações quase todos os dias para proteger um bem tão essencial na vida de uma pessoa: O carro. Este, aliás, que chega a ser quase um filho para algumas pessoas.
Embora ainda não realizado, decidiu então criar este blog sobre carros, onde compartilha sua bagagem de conhecimentos profundos junto com as noticias que acontecem no momento.
Portanto, este trabalho é oriundo de talento, persistência e um sonho! Grandes vitórias, exigem grandes dedicações, por isso, espera-se que cada leitor absorva cada artigo de forma que venha a acrescentar tanto quanto acrescenta na vida do autor.
Saudações,

Deixe um comentário