Gasolina sem petróleo: seria um mito ou um fato? Confira

Após os conflitos entre Rússia e Ucrânia, ideia voltou a ser debatida.

A dependência do petróleo é algo que os chefes de estado têm como objetivo em comum voltar ao fim, mas claro, não está em uma lista de prioridades à curto prazo. E um dos motivos principais são diminuir as emissões de gás carbônico, visando as pautas ambientais.

Contudo, após a ascensão do conflito entre Rússia e Ucrânia, sendo o país ex-soviético um dos principais produtores de gasolina no mundo e com os muitos rompimentos de contratos comerciais como boicote à guerra de diversos países, o tema voltou a ser debatido.

Tivemos até uma matéria publicada em nosso blog, que fala de uma alta em um vídeo sobre uma gasolina misturada com óleo de cozinha, que você pode conferir, mas que obviamente, não funciona.

Veja aqui– Matéria de gasolina caseira.

Afinal, essa gasolina, funciona ou não?

Vamos direto ao ponto: FUNCIONA!

Há algum tempo, cientistas estão trabalhando no que seria, basicamente uma gasolina sintética, que é chamada de e-fuel. Produzir esse tipo de gasolina tem como objetivo dar uma sobrevida aos motores de combustão, e também dar uma alternativa que não sejam carros elétricos.

E os investimentos são pesados nessa área. Empresas como Audi, Bosch, o governo alemão, estão empenhados nessa iniciativa. No ano passado, a Porsche firmou uma parceria com a Siemens Energy, onde os mesmos construíram uma fábrica para produção desse combustível bem próximo da gente, no Chile.

A previsão deles é de produzirem 135 mil litros do combustível nesse ano, e em 2026 produzir 550 milhões de litros.

A fórmula 1 apoia o E-fuel

Em 2025, para a fórmula-1, deve entrar um novo regulamento sobre motores, onde se deve manter a propulsão híbrida, porém com o novo combustível e mais eletrificação. Servirá até como apoio a iniciativa e um bom marketing para a mesma, para aqueles motoristas mais conservadores.

Nem tudo são flores, então…

Produzir gasolina com combustíveis fósseis ainda assim, é bem mais viável. O que quero dizer é: o custo para produzir esse tipo de gasolina ainda é caro, se comparado a gasolina tradicional.

“É grande a quantidade de eletricidade utilizada para separar o hidrogênio presente na água. Essa energia deve, preferencialmente, ser de origem limpa, como solar, eólica ou de hidrelétricas”. Destaca o engenheiro Everton Lopes ao Uol.

Isso ainda se dá, pois o início da fabricação do e-fuel começa em um processo físico-químico chamado de hidrólise, que retira o hidrogênio da água para posterior combinação com o CO2. O resultado é gás que em seguida usa o para produzir cadeias de hidrocarbonetos que vão se tornar combustível líquido.

O que espero é que essa iniciativa dê muito certo e possamos ter outras alternativas. A diversidade de alternativas é uma das ferramentas para tornar acessível os modelos de combustíveis e também, mais baratos.

E ai curtiu o artigo? Para ver outros assim continue!

Dono do Tesla Model 3 usa carro para minerar Bitcoin e lucra mais 4K!

Carteira digital de trânsito poderá fazer transação de compra e venda

Enfim, chegamos a gasolina caseira será essa a solução nos brasileiros? Confira.

Então fique por dentro da corrida dos carros voadores!

Senado aprova lei de incentivo aos carros elétricos!

Portanto, quer ler mais sobre assuntos do mundo dos carros e ficar por dentro das novidades?

Aliás faça parte do nosso grupo do facebook, CarroNosso, um lugar para informação, discussão e troca de experiências.

4.4/5 - (15 votes)
Jonny Brizio

Vendedor de formação, empreendedor por vocação e entendedor de carros por paixão. Este é o autor deste blog, Jonny Brizio, nascido em 1994 no Rio de Janeiro.
Curiosamente, louco por carros desde os 6 anos, mesmo que não haja ninguém na sua família que compartilhe tão profundamente deste sentimento avassalador.
Cresceu assistindo na TV, os programas “Auto esporte”, “Vrum”, “Auto+” o qual ele assistia religiosamente todos os episódios.
Apesar de todo conhecimento técnico teórico adquirido no programa da TV, junto a artigos e livros já ser grandioso e surpreendente, estava na hora de colocar em prática tudo o que aprendeu e começar a se destacar.
Aos 15 anos, ele decidiu trabalhar em uma oficina mecânica! Lá, Jonny aprendia sobre a mecânica das máquinas e adorava manobrar os carros do clientes, já que o seu pai não o permitia dirigir até que fosse maior de idade.
Sobretudo, as suas habilidades de direção quase que perfeitas em alta velocidade, impressionavam seu pai, que permitia-o dirigir em casos de emergência.
Por fim, aos 18 anos ele pôde desfrutar da sua liberdade por causa da sua independência, onde tivera a oportunidade de dirigir diferentes carros, seja por locadoras ou carros de amigos.
Todavia, junto com toda esta liberdade vem também a responsabilidade. Sendo assim, Jonny decidiu trabalhar com carros, já que a paixão corria em suas veias em todos os aspectos da sua vida.
Por isso, cresceu na carreira e virou consultor de seguros automotivos, onde recebe ligações quase todos os dias para proteger um bem tão essencial na vida de uma pessoa: O carro. Este, aliás, que chega a ser quase um filho para algumas pessoas.
Embora ainda não realizado, decidiu então criar este blog sobre carros, onde compartilha sua bagagem de conhecimentos profundos junto com as noticias que acontecem no momento.
Portanto, este trabalho é oriundo de talento, persistência e um sonho! Grandes vitórias, exigem grandes dedicações, por isso, espera-se que cada leitor absorva cada artigo de forma que venha a acrescentar tanto quanto acrescenta na vida do autor.
Saudações,

Deixe um comentário