Sabia que dependendo da doença que tiver, você não deve dirigir? Cuidado para não levar multa

multa | Notícias

Dirigir envolve alguns fatores que vão além de ter uma simples documentação, como é o caso da CNH e um exemplo disso é ter um impeditivo para conduzir um veículo, como casos de saúde, por isso, confira a seguir as principais doenças que podem te impedir de dirigir e podem gerar multa!

Etapas para a emissão de uma CNH

Para emitir uma CNH, é preciso passar por algumas etapas, como apresentar documento de identificação pessoal, comprovar ter mais de 18 anos e se submeter a alguns exames.

Essas exames atestam a sua aptidão mental e física a fim de garantir segurança no trânsito.

De um lado, temos a avaliação psicológica, que envolve portanto um exame psicotécnico, testando a capacidade psicológica do condutor.

Aliás, caso o futuro habilitado seja recusado nesta etapa, ele pode solicitar uma revisão da avaliação por meio de um recurso na própria Junta Psicológica.

Outro exame que o condutor deve se submeter é à avaliação física, que também analisar o seu comportamento frente a perturbações e atenção, além de avaliar as suas condições para dirigir.

Nesse teste, terçao constatações de má formações, ausência de movimento ou algum tipo de amputação.

Veja também é grátis e você pode se apaixonar!

Listamos os melhores e mais completos carros com teto solar abaixo de 60 mil, confira.

Tiguan 2023: Volkswagen vem com tudo neste lançamento e promete muita potência!

Conheça os super carros dos jogadores do Flamengo!

Resultados das avaliações

Com base nas avaliações feitas, o candidato poderá ser enquadrado como então:

  • Apto: se não houver nenhuma contraindicação quanto à condução do carro;
  • Apto com restrições: se o condutor precisar de algumas adaptação veicular (e isso estará descrito na CNH);
  • Inapto temporariamente: se o motivo para a reprovação for resolvido com algum tratamento; e
  • Inapto: não há possibilidade de correção, e por isso não pode ser condutor.

Doenças que não permitem a condução de veículos

Algumas doenças não permitem de forma alguma a condução de veículos, e por isso é necessário estar atento a isso, afinal, alguns casos são passíveis de multa. Alguns exemplos são então:

  • Acidente Vascular Cerebral (AVC): caso a pessoa tenha sofrido um AVC e não lhe reste nenhuma sequela, ela pode retornar à condução. Caso contrário, terão definições algumas restrições, por colocar em risco a segurança dos outros motoristas.
  • Ataque isquêmico transitório: após um ataque como este, o motorista deve aguardar pelo menos 6 meses até o retorno ao trânsito.
  • Esclerose múltipla: leva à suspensão da CNH.
  • Demência e alterações cognitivas afins: esses déficits costumam trazer riscos à direção, logo, condutores com esse perfil devem evitar a condução.
  • Epilepsia: para obter a CNH nesse caso é necessário comprovar a ausência de crises em, pelo menos, 12 meses.

A multa para a omissão dessas informações está prevista no Código Penal, no crime de omissão de informações em documentos públicos, podendo ter, além da multa, reclusão de 1 a 5 anos.

Gostou, então veja também:

Listamos os melhores e mais completos carros com teto solar abaixo de 60 mil, confira.

Tiguan 2023: Volkswagen vem com tudo neste lançamento e promete muita potência!

Conheça os super carros dos jogadores do Flamengo!

E então, deseja ler mais sobre assuntos do mundo dos carros e ficar por dentro das novidades?

Portanto faça parte do nosso grupo do Facebook, CarroNosso, um lugar para informação, discussão e troca de experiências.

Jonny Brizio

Vendedor de formação, empreendedor por vocação e entendedor de carros por paixão. Este é o autor deste blog, Jonny Brizio, nascido em 1994 no Rio de Janeiro.
Curiosamente, louco por carros desde os 6 anos, mesmo que não haja ninguém na sua família que compartilhe tão profundamente deste sentimento avassalador.
Cresceu assistindo na TV, os programas “Auto esporte”, “Vrum”, “Auto+” o qual ele assistia religiosamente todos os episódios.
Apesar de todo conhecimento técnico teórico adquirido no programa da TV, junto a artigos e livros já ser grandioso e surpreendente, estava na hora de colocar em prática tudo o que aprendeu e começar a se destacar.
Aos 15 anos, ele decidiu trabalhar em uma oficina mecânica! Lá, Jonny aprendia sobre a mecânica das máquinas e adorava manobrar os carros do clientes, já que o seu pai não o permitia dirigir até que fosse maior de idade.
Sobretudo, as suas habilidades de direção quase que perfeitas em alta velocidade, impressionavam seu pai, que permitia-o dirigir em casos de emergência.
Por fim, aos 18 anos ele pôde desfrutar da sua liberdade por causa da sua independência, onde tivera a oportunidade de dirigir diferentes carros, seja por locadoras ou carros de amigos.
Todavia, junto com toda esta liberdade vem também a responsabilidade. Sendo assim, Jonny decidiu trabalhar com carros, já que a paixão corria em suas veias em todos os aspectos da sua vida.
Por isso, cresceu na carreira e virou consultor de seguros automotivos, onde recebe ligações quase todos os dias para proteger um bem tão essencial na vida de uma pessoa: O carro. Este, aliás, que chega a ser quase um filho para algumas pessoas.
Embora ainda não realizado, decidiu então criar este blog sobre carros, onde compartilha sua bagagem de conhecimentos profundos junto com as noticias que acontecem no momento.
Portanto, este trabalho é oriundo de talento, persistência e um sonho! Grandes vitórias, exigem grandes dedicações, por isso, espera-se que cada leitor absorva cada artigo de forma que venha a acrescentar tanto quanto acrescenta na vida do autor.
Saudações,

Deixe um comentário