TOP 10 das piores estradas do país – parte 2

Continuamos aqui a nossa saga sobre as piores estradas

Seguindo o nosso top de piores estradas do país, onde saímos da classificação de “regular”, para “ruim”, podemos ver as condições precárias de nossas estradas, com diversos buracos nas estradas, péssima iluminação diversos acidentes, e o descaso dos órgãos públicos para com os condutores de quaisquer veículos automotivos. Vamos continuar a conferir mais sobre esse triste ranking?

6. Trecho entre Belém (PA) e Guaraí (TO): BR-222, PA-150, PA-151, PA-252, PA-287,PA-447, PA-475, PA-483 E TO-336

Trecho entre Belém (PA) e Guaraí (TO)

Sendo mais uma classificada como ruim, ela é uma das vias que faz parte da região nordeste.

Estando desde 2005 entre as piores estradas do país. É muito tempo sem uma melhoria né? E, ainda assim, não foram encontradas mais informações sobre possíveis melhorias.

5. Rio Verde (GO) – Iporá (GO): GO-174

Classificada como ruim, esta é diferente da maioria dos trechos, pois está localizada no centro do país. O trecho tem 170 quilômetros, e já chegou a ser conhecida (também) pelos moradores da região como “rodovia da morte”. O local é bem movimentado, tendo um tráfego intenso de caminhões, principalmente responsáveis pelo transporte da produção de grãos.

Em 2017, a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), informou que a via está passando por obras de recuperação, incluídas no programa de recuperação de rodovias estaduais, e até iriam construir uma terceira faixa, estando pronta 80% das obras.

Contudo, isso não passou de uma resposta qualquer para não passar vergonha em um jornal, sendo retomado as obras de fato no ano passado, investindo assim mais de 10 milhões, até em outras vias do estado.

4. Trecho entre Marabá (PA) e Wanderlândia (TO): BR-153, BR-230 e PA-153/BR-153

trecho marabá -Top 10 das piores estradas

Assim, mais uma de Tocantins! O estado é campeão! Também classificado como ruim, este trecho veio receber melhorias este ano, em específico na BR-153 através da concessionária Ecovias do Araguaia, onde fizeram uma operação tapa-buracos, roçaram e fizeram limpezas de drenagem.

3ª: Jataí (GO) – Piranhas (GO): BR-158

Jataí (GO) - Piranhas (GO): BR-158

Ainda na parte de classificações como “ruins”, mas conforme o nível avança, a piora também, mesmo mantendo a nomeclatura. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em nota ao G1 sobre estas estradas, disse que tem bases próprias para averiguar quais estradas precisam de melhorias ou não (mais uma vez se esquivando.)

Todavia, para entender a gravidade da situação da estrada, fica o depoimento de um caminhoneiro, usuário da via:

“Se ele não desviar ele rebenta o caminhão. Corre o risco de tombar porque a carga é pesada, e estamos correndo risco de vida nas rodovias”.

Que situação complicada.

O triste em alguns desses casos é ver que não há sequer sinal de melhorias para algumas dessas estradas. Fico triste pelos caminhoneiros que, não há solução outra, a não ser utilizar essas estradas, além de, muitas vezes ainda ter que aguentar dias mau dormidos e diversas outras situações mais complexas

Gostou? Então veja também…

Você sabe a importância do seguro para seu carro?

Veja então a volta de um dos carros mais importantes da Renault o Mégane!

Confira a Super carros em Gramado empresa que faz seu sonho virar realidade!

Assim confira o que muda com a redução do imposto do IPI

Pois, Chevrolet Cruze Sport 6 RS, saiba mais sobre este novo Hatch.

E então, deseja ler mais sobre assuntos do mundo dos carros e ficar por dentro das novidades?

Portanto faça parte do nosso grupo do facebook, CarroNosso, um lugar para informação, discussão e troca de experiências.

Jonny Brizio

Vendedor de formação, empreendedor por vocação e entendedor de carros por paixão. Este é o autor deste blog, Jonny Brizio, nascido em 1994 no Rio de Janeiro.
Curiosamente, louco por carros desde os 6 anos, mesmo que não haja ninguém na sua família que compartilhe tão profundamente deste sentimento avassalador.
Cresceu assistindo na TV, os programas “Auto esporte”, “Vrum”, “Auto+” o qual ele assistia religiosamente todos os episódios.
Apesar de todo conhecimento técnico teórico adquirido no programa da TV, junto a artigos e livros já ser grandioso e surpreendente, estava na hora de colocar em prática tudo o que aprendeu e começar a se destacar.
Aos 15 anos, ele decidiu trabalhar em uma oficina mecânica! Lá, Jonny aprendia sobre a mecânica das máquinas e adorava manobrar os carros do clientes, já que o seu pai não o permitia dirigir até que fosse maior de idade.
Sobretudo, as suas habilidades de direção quase que perfeitas em alta velocidade, impressionavam seu pai, que permitia-o dirigir em casos de emergência.
Por fim, aos 18 anos ele pôde desfrutar da sua liberdade por causa da sua independência, onde tivera a oportunidade de dirigir diferentes carros, seja por locadoras ou carros de amigos.
Todavia, junto com toda esta liberdade vem também a responsabilidade. Sendo assim, Jonny decidiu trabalhar com carros, já que a paixão corria em suas veias em todos os aspectos da sua vida.
Por isso, cresceu na carreira e virou consultor de seguros automotivos, onde recebe ligações quase todos os dias para proteger um bem tão essencial na vida de uma pessoa: O carro. Este, aliás, que chega a ser quase um filho para algumas pessoas.
Embora ainda não realizado, decidiu então criar este blog sobre carros, onde compartilha sua bagagem de conhecimentos profundos junto com as noticias que acontecem no momento.
Portanto, este trabalho é oriundo de talento, persistência e um sonho! Grandes vitórias, exigem grandes dedicações, por isso, espera-se que cada leitor absorva cada artigo de forma que venha a acrescentar tanto quanto acrescenta na vida do autor.
Saudações,

Deixe um comentário