Toyota e o fim da transmissão manual? Nova patente para carros elétricos da marca

Os entusiastas de carros poderão desfrutar mais da experiência de dirigir um carro elétrico quando a transmissão manual da Toyota chegar ao mercado.

Alguns entusiastas de carros têm algum ressentimento em relação ao carro elétrico por vários motivos, incluindo o motor silencioso e a falta de uma caixa de câmbio manual.

Veículos com esse tipo de transmissão permitem que o motorista sinta melhor o comportamento do veículo.

Toyota manual

Afinal o motor de combustão interna possui uma faixa de velocidade ideal na qual o torque necessário é alcançado.

Além disso, o motorista pode decidir aumentar ou diminuir a relação de transmissão do seu veículo.

O Fiat uno 2023 volta em grande estilo! Como SUV, será o maior vilão do segmento que mais cresce no país.

O carro elétrico, por outro lado, tem um motor que funciona o tempo todo com torque ideal e uma velocidade máxima muito superior à de um motor de combustão interna.

Portanto, o motor elétrico pode simplesmente não ter uma caixa de engrenagens, mas usar uma taxa de redução fixa.

Mas a Toyota parece estar a caminho de acabar com esse problema de transmissão manual em veículos movidos a bateria.

Para isso, está desenvolvendo uma transmissão manual para carros elétricos.

A ideia foi incluída em uma série de oito patentes que tem registro no Escritório de Marcas e Patentes dos EUA em junho de 2021.

De acordo com o documento publicado pela BZforums, a Toyota descreve o mecanismo como tranquilizador para motoristas acostumados a transmissões manuais ou divertidos.

E para aqueles que querem apenas se envolver na operação por diversão.

Honda impressiona com motor híbrido no novo Civic 2023, 25km por litro e um designer incrível, assista o vídeo rápido que separamos para você!

Funcionamento do câmbio manual no Toyota elétrico

De acordo com a fabricante japonesa, teria instalação no carro algum tipo de indicador de mudança do modo elétrico para o manual.

Este portanto que ajusta o torque gerado por meio de entradas de pseudo-embreagem e pseudo-shift pelo motor elétrico.

Isso requer um terceiro pedal equipado com um gerador de força de reação que vibra para imitar a sensação de uma embreagem.

Um atuador de força de reação semelhante anexa-se ao câmbio, que presumivelmente fica mais leve quando o pedal da pseudo embreagem é pressionado.

Mas ainda oferece resistência como um câmbio conectado a uma transmissão real.

De acordo com a marcha e a posição do pedal, a unidade de controle do trem de força sobrejacente varia o desempenho, com base em parte nas rotações do motor simuladas exibidas em um tacômetro.

Gostou, afinal? Então veja também!

Renault zoe 2022: Conheça ficha técnica, motor e consumo

Ainda vale a pena comprar um Fiat Argo em 2022?

Chevrolet Cruze 2023: Ficha técnica, preço e consumo

Quer ler mais sobre assuntos do mundo dos carros e, além disso, ficar por dentro das novidades?

Portanto, faça parte do nosso grupo do facebook, CarroNosso, um lugar para informação, discussão e troca de experiências.

Jonny Brizio

Vendedor de formação, empreendedor por vocação e entendedor de carros por paixão. Este é o autor deste blog, Jonny Brizio, nascido em 1994 no Rio de Janeiro.
Curiosamente, louco por carros desde os 6 anos, mesmo que não haja ninguém na sua família que compartilhe tão profundamente deste sentimento avassalador.
Cresceu assistindo na TV, os programas “Auto esporte”, “Vrum”, “Auto+” o qual ele assistia religiosamente todos os episódios.
Apesar de todo conhecimento técnico teórico adquirido no programa da TV, junto a artigos e livros já ser grandioso e surpreendente, estava na hora de colocar em prática tudo o que aprendeu e começar a se destacar.
Aos 15 anos, ele decidiu trabalhar em uma oficina mecânica! Lá, Jonny aprendia sobre a mecânica das máquinas e adorava manobrar os carros do clientes, já que o seu pai não o permitia dirigir até que fosse maior de idade.
Sobretudo, as suas habilidades de direção quase que perfeitas em alta velocidade, impressionavam seu pai, que permitia-o dirigir em casos de emergência.
Por fim, aos 18 anos ele pôde desfrutar da sua liberdade por causa da sua independência, onde tivera a oportunidade de dirigir diferentes carros, seja por locadoras ou carros de amigos.
Todavia, junto com toda esta liberdade vem também a responsabilidade. Sendo assim, Jonny decidiu trabalhar com carros, já que a paixão corria em suas veias em todos os aspectos da sua vida.
Por isso, cresceu na carreira e virou consultor de seguros automotivos, onde recebe ligações quase todos os dias para proteger um bem tão essencial na vida de uma pessoa: O carro. Este, aliás, que chega a ser quase um filho para algumas pessoas.
Embora ainda não realizado, decidiu então criar este blog sobre carros, onde compartilha sua bagagem de conhecimentos profundos junto com as noticias que acontecem no momento.
Portanto, este trabalho é oriundo de talento, persistência e um sonho! Grandes vitórias, exigem grandes dedicações, por isso, espera-se que cada leitor absorva cada artigo de forma que venha a acrescentar tanto quanto acrescenta na vida do autor.
Saudações,

Deixe um comentário