Estepe temporário está cada vez mais comum, mas é Confiável?

estepe

Os pneus de emergência, famoso estepe, apresentam vantagens e desvantagens: No entanto, é importante que o condutor respeite o limite de velocidade.

O motorista abre o compartimento embaixo do porta-malas e tem uma surpresa: descobre que o estepe do carro é do tipo temporário, também conhecido como emergência, aquele com pneu fino.

Dúvidas sobre o uso ou mesmo a confiabilidade deste item vêm imediatamente à mente.

Se você é um desses proprietários, sabe que a roda sobressalente não o decepcionará diante de um pneu furado.

No entanto, desde que sejam respeitadas as restrições deste tipo de peças sobressalentes.

Popularização da estepe temporário de emergência

Antes de mais nada, um esclarecimento: sim, o pneu de emergência é mais barato para o fabricante e permite uma redução nos custos de produção do veículo.

Mas o professor Cleber Willian Gomes, da Faculdade de Engenharia Mecânica do Centro Universitário FEI de São Paulo.

Explicou que o componente também traz algumas vantagens para o proprietário do carro. São eles:

Vantagens do estepe de emergência

  • Menos peso de manuseio
  • Menos orientada para roubo
  • Ocupa menos espaço no porta-malas
  • Menores custos de reposição

Em termos de economia de espaço, o uso da roda de emergência fina é uma boa ideia e depende do crescimento do tamanho do pneu e do rodado juntos recentemente.

Por exemplo, cerca de 20 anos atrás, era comum veículos de médio porte usar pneus 185.

Hoje, essa medida é padrão para modelos compactos, enquanto sedãs ou SUVs vêm com 215 componentes ou até maiores.

Uma roda de emergência com essas medidas ocuparia valiosos litros adicionais no compartimento de bagagem.

Analisamos a Toyota etios 2022. Dividimos opinião sobre seu desempenho e designer, confira os motivos.

Desvantagens da roda sobressalente

Claro que a roda sobressalente fina também tem algumas desvantagens para o motorista. São eles:

  • Velocidade limitada durante a operação
  • A rigor, uso de emergência
  • Não pode entrar no rodízio de pneus
  • Danos ao manuseio se os limites não forem atendidos
  • Um pneu fino é confiável?

Justamente porque altera o comportamento dinâmico do veículo, os fabricantes desaconselham atingir altas velocidades com uma roda sobressalente fina.

Em geral, o limite é de 80 km/h, além disso, por ser menor, esse tipo de estepe permite menos ar no interior e naturalmente aquece mais.

A FEIs Gomes é categórica quanto à importância do cumprimento do limite de velocidade, afirmando:

“O motorista tem que ter consciência das limitações do pneu temporário e do carro como um todo. Respeitar os limites estabelecidos é mandatório para não se colocar em risco”

No entanto, uma vez respeitados os limites, Gomes acredita que não há motivos para temer.

Ele explica que os fabricantes realizam vários testes de homologação antes de equipar um veículo com o economizador de espaço

O engenheiro garante que esses testes são muito rigorosos, pois um componente inadequado pode levar a recalls e até prejudicar a imagem da empresa, o que pode resultar em prejuízos milionários.

João Irineu Medeiros, da Associação Brasileira de Tecnologia Automotiva (AEA), também destaca o papel dos testes na homologação da roda sobressalente temporária.

Ele esclarece que os resultados obtidos no campo de testes servem não apenas para garantir condições de condução adequadas para o veículo, mas também para calibrar sistemas eletrônicos como o ABS.

O engenheiro da AEA ressalta que a Resolução 540 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelece que esses testes devam ser realizados para que os fabricantes aceitem peças de reposição com dimensões diferentes das de outros pneus.

Esses testes determinam até o limite de velocidade da roda sobressalente!

E se não houver uma borracharia por perto?

Os especialistas ouvidos no relatório concordam que o pneu de emergência só deve ser usado em situações de emergência.

O motorista deve providenciar para que o pneu seja reparado nas dimensões normais e reinstalado o mais rápido possível.

No entanto, se for necessário percorrer longas distâncias, a roda sobressalente fina pode ser usada sem problemas, desde que o motorista respeite o limite de velocidade.

Marea meme –  Entenda porque o Fiat marea é um meme hojte em dia. E confira os melhores memes.

Cuidados pra se ter com o estepe

Deve-se lembrar de que qualquer roda de emergência, temporária ou não, requer alguns cuidados.

O componente deve ser reparado com a calibração recomendada pelo fabricante do veículo: se estiver vazio, pode ficar inutilizável.

O componente pode até apresentar algum desgaste, mas nunca deve estar “careca”, com vincos abaixo do mínimo.

Além disso, há uma indicação de que, mesmo que os pneus permaneçam sem uso, eles têm prazo de validade.

O limite pode variar de acordo com o fabricante: alguns fixam apenas 5 ou 6 anos, permite-se um máximo de 10 anos.

Gostou, afinal? Então veja também!

Esses foram os carros mais vendidos em agosto de 2022

Você sabe quando trocar de pneus?

Volkswagen inova ao lançar primeiro serviço de assinatura para caminhões e ônibus

Quer ler mais sobre assuntos do mundo dos carros e, além disso, ficar por dentro das novidades?

Portanto, faça parte do nosso grupo do facebook, CarroNosso, um lugar para informação, discussão e troca de experiências.

Jonny Brizio

Vendedor de formação, empreendedor por vocação e entendedor de carros por paixão. Este é o autor deste blog, Jonny Brizio, nascido em 1994 no Rio de Janeiro.
Curiosamente, louco por carros desde os 6 anos, mesmo que não haja ninguém na sua família que compartilhe tão profundamente deste sentimento avassalador.
Cresceu assistindo na TV, os programas “Auto esporte”, “Vrum”, “Auto+” o qual ele assistia religiosamente todos os episódios.
Apesar de todo conhecimento técnico teórico adquirido no programa da TV, junto a artigos e livros já ser grandioso e surpreendente, estava na hora de colocar em prática tudo o que aprendeu e começar a se destacar.
Aos 15 anos, ele decidiu trabalhar em uma oficina mecânica! Lá, Jonny aprendia sobre a mecânica das máquinas e adorava manobrar os carros do clientes, já que o seu pai não o permitia dirigir até que fosse maior de idade.
Sobretudo, as suas habilidades de direção quase que perfeitas em alta velocidade, impressionavam seu pai, que permitia-o dirigir em casos de emergência.
Por fim, aos 18 anos ele pôde desfrutar da sua liberdade por causa da sua independência, onde tivera a oportunidade de dirigir diferentes carros, seja por locadoras ou carros de amigos.
Todavia, junto com toda esta liberdade vem também a responsabilidade. Sendo assim, Jonny decidiu trabalhar com carros, já que a paixão corria em suas veias em todos os aspectos da sua vida.
Por isso, cresceu na carreira e virou consultor de seguros automotivos, onde recebe ligações quase todos os dias para proteger um bem tão essencial na vida de uma pessoa: O carro. Este, aliás, que chega a ser quase um filho para algumas pessoas.
Embora ainda não realizado, decidiu então criar este blog sobre carros, onde compartilha sua bagagem de conhecimentos profundos junto com as noticias que acontecem no momento.
Portanto, este trabalho é oriundo de talento, persistência e um sonho! Grandes vitórias, exigem grandes dedicações, por isso, espera-se que cada leitor absorva cada artigo de forma que venha a acrescentar tanto quanto acrescenta na vida do autor.
Saudações,

Deixe um comentário